sexta-feira, 21 de abril de 2017

Suspeito que mesmo sem nada,
perto do mar,
seria feliz.
Por essa liberdade inexplicável
e essa fusão com o todo:
isso que, sem música,
é melodia;
que, sem ritmo,
traz harmonia à mente;
e que, com muitas cores,
constitui o timbre
de algo exclusivamente nosso
em contraste
com a expansão dos sentidos.

By Mary

Sem comentários:

Enviar um comentário